Home / Bahia / Salvador: Turistas se deparam com goteiras e equipamentos quebrados no Aeroporto

Salvador: Turistas se deparam com goteiras e equipamentos quebrados no Aeroporto

aeroporto-salvador1

Olha que situação: um amigo te chama para uma festa badalada, daquelas que a propaganda promete ser inesquecível, e você vai todo animado. Quando chega, logo na entrada, encontra como recepção baldes no chão colocados para conter goteiras do teto. Aí você tenta ignorar e olha para o outro lado e… dá de cara com uma escada e galões de tinta indicando que o local está em obras. Então, você fecha os olhos e tenta seguir o rumo, mas a porta automática não abre. Aí, você se pergunta: “O que é que estou fazendo aqui?”

BANNERPUBLICIDADE720x90.jpg

Pois bem. O local da recepção é o Aeroporto Internacional de Salvador, que ainda se prepara para receber os turistas para a tal festança: o Carnaval. Na véspera da abertura oficial da folia, o CORREIO circulou pelo terminal e constatou alguns problemas e ouviu reclamações de foliões que desembarcavam.

O aeroporto já recebeu a terceira pior nota na pesquisa que mede a satisfação geral do passageiro. Os dados referentes ao 4º trimestre de 2017 foram divulgados no dia 30 de janeiro pelo Ministério dos Transportes.

Poças d’água e obras de manutenção (Foto: Marina Silva/CORREIO)

Poças d'água e obras de manutenção

Poças d’água e obras de manutenção (Foto: Marina Silva/CORREIO)

Escada rolante quebrada há meses

Escada rolante quebrada há meses (Foto: Marina Silva/CORREIO)

Área de desembarque sem sinalização para local de retirada das malas

Área de desembarque sem sinalização para local de retirada das malas (Foto: Marina Silva/CORREIO)

Poças d'água e obras de manutenção

Poças d’água e obras de manutenção (Foto: Marina Silva/CORREIO)

Poças d'água e obras de manutenção

Poças d’água e obras de manutenção (Foto: Marina Silva/CORREIO)

Poças d'água e obras de manutenção

Poças d’água e obras de manutenção (Foto: Marina Silva/CORREIO)

Apesar dos problemas, a expectativa é receber entre esta quarta e a Quarta-feira de Cinzas (14), 90 mil passageiros em 600 voos, dos quais 150 são viagens extras, exclusivas para o Carnaval. Segundo a assessoria de comunicação do aeroporto, só na manhã desta quarta, das 7h20 às 8h, desembarcaram 750 pessoas. Das 9h15 às 13h chegaram 2.400 pessoas. Ainda conforme a assessoria, além dos nacionais, são esperados voos de Santiago (Chile), Madri (Espanha), Bogotá (Colômbia), Buenos Aires e Córdoba (Argentina) e Lisboa (Portugal).

Problemas
O CORREIO circulou pelos três andares do aeroporto. Problemas que eram frequentes como ar-condicionado quebrado, infiltrações e vazamentos que mais pareciam cachoeiras na parte interna, banheiros danificados e sujos, tapumes nos quatro cantos, nada disso foi encontrado. No entanto, situações pontuais ainda causam desconforto aos passageiros.

Goteiras continuam a incomodar usuários de terminal (Foto: Marina Silva/CORREIO)

Logo na entrada do desembarque, baldes são usados para conter a goteira do teto. Apesar de o local estar sinalizado, quem chega a Salvador reclama. “A pessoa pode vir distraída e acabar caindo por causa do chão molhado. E o aeroporto foi considerado recentemente como um dos piores do país”, declarou a segurança Joelma Rebouças, 41 anos, que tinha acabado de desembarcar por volta das 11h. Ela o marido são de Campinas (SP), e vieram para passar todos os seis dias de Carnaval.

A poucos metros dali, enquanto aguardava um táxi, o cerimonialista Jaen Carlos Riso, 33, de Jaboticabal, também em São Paulo, não parava de olhar para uma área isolada com uma escada e galões de tinta usados numa obrar de pintura do teto.

Banner-Site.jpg

“Olhando assim é feio. Presumo que essa obra poderia sido feita num outro período, um de menos fluxo, para os passageiros não tivessem uma imagem dessa, feia, de um aeroporto importante como o de Salvador”, pontuou Jaen.

Ainda na entrada do desembarque, o CORREIO constatou que uma das portas automáticas estava emperrada. Ela permaneceu fechada por alguns minutos. Quem pensava passar por ela, usava a outra porta ao lado. Ao perceber a presença de nossa equipe, um funcionário do aeroporto abriu manualmente e a porta voltou a funcionar.

Mas os problemas não foram só encontrados do lado de fora. “Uma confusão lá dentro. Logo que a gente chega no desembarque não há sinalização para indicar onde pegar as malas despachadas. A gente fica rodando para saber onde está a esteira. E hoje ainda é quarta. Imagine como será amanhã”, declarou o aposentado Humberto Lisboa, 51, natural de São Paulo. Ele passará quatro dias em Salvador.

O paulista Humberto Lisboa reclama da falta de sinalização na área onde malas são despachadas (Foto: Marina Silva/CORREIO)

Já no segundo andar, área do embarque, uma escada rolante permanece quebrada – ela liga o andar ao terceiro pavimento, onde passageiros podem aguardar os voos e é local de funcionamento da administração do aeroporto.

“Vai fazer aniversário. Essa escada tem meses aí interditada”, disse o funcionário de um restaurante.

Ele e outros trabalhadores acreditam que, apesar da situação, o Carnaval será promissor. “Muita gente está chegando e isso é bom. Isso dar uma respirada. No entanto, os problemas estão aí e devem ser solucionados”, ponderou.

Outro lado
Em nota, a Vinci Airports informou por meio de assessoria que “quando conquistou o direito de operar o Aeroporto Salvador Bahia, a Concessionária assumiu o compromisso de proporcionar a passageiros, companhias aéreas e demais parceiros comerciais uma experiência positiva, com padrões elevados de operação, conforto e segurança”.

A nota diz que “as mudanças necessárias para elevar o nível do terminal levam tempo, mas serão conduzidas com total empenho pela Concessionária, considerando sua extensa experiência internacional”. “A Concessionária atualmente passa por um processo acelerado de obras emergenciais, que incluem a instalação de Wi-Fi de alta velocidade e melhorias nos banheiros, no sistema de ar condicionado e na sinalização. Alterações estruturais significativas também serão realizadas em 2018, incluindo grandes obras nas pistas e nas áreas de abastecimento das aeronaves, além da renovação do terminal de passageiros. Durante o período Carnaval, nossa equipe estará de focada e de prontidão para garantir o pleno funcionamento do terminal”, conclui o comunicado.

O que você quer saber, acontece aqui! VEJA AQUI AGORA. O seu canal de notícias no Youtube

loading videos

Loading Videos…

Deixe o seu Comentário

Comentários

Além disso, verifique

bahia-e-um-dos-ultimos-estados-a-emitir-cnh-digital

Bahia é um dos últimos estados a emitir CNH digital

Poucos estados brasileiros ainda não emitem a Carteira Nacional de Habilitação digital, e entre eles ...