Home / Bahia / Prouni dará bolsas parciais e integrais de R$149 a R$ 6 mil em Salvador

Prouni dará bolsas parciais e integrais de R$149 a R$ 6 mil em Salvador

Quem vai concorrer a uma das bolsas do Prouni vai encontrar valores diversificados nas oportunidades. Em Salvador, a maior bolsa está sendo ofertada para o curso de Medicina, na Faculdade de Tecnologia e Ciências, no valor de R$ 6.930,41. A oportunidade é para apenas uma bolsa integral. A segunda maior bolsa é para o curso de pilotagem profissional de aeronaves, no valor de R$ 3.251. Ao todo, são 4.494 bolsas em Salvador e as inscrições vão até esta sexta-feira (9).

O curso de Odontologia aparece em terceiro nos maiores valores de mensalidades, que variam de R$ 2.210,56 a R$ 2.878,76. Em seguida, vem Medicina Veterinária, com mensalidades entre R$ 1.930,00 e R$ 2.259,88.

Banner-Youtube-top.png

De acordo com o educador financeiro Edísio Freire, o estudante sempre deve levar em conta a questão financeira no momento da escolha do curso, mas o mais importante é a satisfação pessoal. “O melhor curso para se fazer é o que você tem maior afinidade porque não adianta investir numa área qualquer e não ter o prazer de um bom trabalho. A pessoa só vai ter sucesso profissional no que gosta”, pondera ele.

O educador lembra ainda que o ensino superior é um investimento para toda a vida e que, por isso, vale até fazer uns sacrifícios e apertar o orçamento até conseguir se formar. “Cada profissão tem seus problemas, mas se você se tornar um bom profissional, será bem sucedido pessoalmente e financeiramente. Fazer um curso só porque é mais barato é como jogar dinheiro fora”, defende.

Centraldepoliciabanner.png

O estudante Rafael Medeiros, 20, já se inscreveu no Prouni e pretende uma vaga no curso de Ciências Contábeis na Faculdade Maria Milza (FAMAM), em Cruz das Almas. “Nunca fui 100% de exatas, mas sempre me adapto às situações. Logo depois do ensino médio, eu não sabia para que lado ir, até que comecei a assistir vídeos sobre carreiras e me identifiquei com essa. Escolhi visando a carreira pública na Receita Federal, que é um sonho”, conta. Até o momento, ele está em primeiro lugar na disputa pelas três vagas de bolsa integral ofertadas pela faculdade, mas teme que a concorrência aumente nos próximos dias. A mensalidade custa R$503,50.

Ainda segundo o Edísio, uma boa alternativa para quem não tem nem tempo e nem condições são os cursos de ensino à distância (EAD). A menor bolsa ofertada nesta seleção é para o curso de sociologia, no valor de R$ 149, em um curso EAD, na Universidade Paulista. Os cursos à distância têm o menor valor nas bolsas ofertadas, com valor em média de R$ 199.

Pedagogia, Administração e Direito

Em Salvador, o maior número de vagas está concentrado nos cursos de Pedagogia (368), Administração (364) e Direito (332). Segundo o superintendente executivo da Associação Baiana de Mantenedoras do Ensino Superior (Abames/Semesb), Gilberto Martins, na área de Pedagogia o principal encaminhamento dos profissionais é mesmo para o ensino na educação básica. “Mas existem diversas funções escolares”, garante. “Há uma carência grande de profissionais preparados para a educação porque existe muita gente na área que não tem formação específica de educador”, destaca. O profissional de pedagogia pode atuar, por exemplo, em órgãos públicos ligados à educação; no desenvolvimento de materiais didáticos junto a editoras de livros, além de poder realizar consultorias para instituições.

CBN.png

O curso de Administração costuma ter maior absorção pelo mercado de trabalho e, de acordo com o Censo do Ensino Superior de 2015, este é o terceiro curso com maior número de matrículas no país, com mais de 766 mil matriculados em universidades/faculdades. “O bacharel em administração tem um campo de atuação muito diversificado, elástico, porque quase todas as atividades humanas precisam de planejamento, seja numa creche, numa indústria, num órgão estatal”, enumera Martins. Segundo o superintendente, outra vantagem é que os campos de atuação da profissão podem ser expandidos com os cursos de especialização como pós-graduações, mestrados e doutorados.

Disparado em matrículas no Brasil, o curso de Direito foi procurado por mais de 853 mil estudantes em 2015, também segundo dados do último censo divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep). “Existe um olhar para esse curso que, quando se pensa em Direito, pensa-se logo em advogado, mas, na minha opinião, isso é um equívoco. O bacharel pode ter diversas carreiras. Através de concursos públicos, ele pode ser procurador, juiz, entre outros. Inclusive, esse é um dos melhores cursos para quem presta concursos por causa dos conteúdos que costumam cair”, exemplifica. Na atuação em advocacia, o profissional pode trabalhar em áreas como direito internacional, fiscal, comunitário, virtual

Inscrições
Para participar da seleção de bolsas, é preciso ter feito o Enem 2016, com o mínimo de 450 pontos na média das notas e ter obtido nota diferente de zero na Redação. O candidato também não pode ter diploma de ensino superior, além de atender a pelo menos um dos requisitos: ter cursado o ensino médio em escola da rede pública ou em escola da rede particular, na condição de bolsista integral da própria escola ou ser pessoa com deficiência.

Professores da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrante de quadro de pessoal permanente de instituição pública também podem participar concorrendo, exclusivamente, a bolsas nos cursos de licenciatura. Nesses casos, não há requisitos de renda.

São ofertadas dois tipos de bolsas: parcial e integral e cada uma delas atende a um perfil de candidato. A primeira é voltada para estudantes com renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Já a segunda, é para estudantes com renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

Cada candidato pode escolher até duas opções de bolsa, de acordo com o seu perfil. Assim como no Sisu, a cada dia o MEC lança uma nota de corte para cada curso.

De acordo com dados do Censo da Educação Superior de 2015, mais de oito milhões de brasileiros ingressaram no ensino superior naquele ano. Os dados de 2016 começaram a ser consolidados em fevereiro deste ano.

De acordo com dados do Censo da Educação Superior de 2015, mais de oito milhões de brasileiros ingressaram no ensino superior naquele ano. Os dados de 2016 começaram a ser consolidados em fevereiro deste ano.

Fonte: Correio24Horas

 

Deixe o seu Comentário

Comentários

Além disso, verifique

001 (1)

Feira: Justiça obriga presidente interino a convocar eleição após morte de Ronny

Após anunciar amplamente que não tinha prazo para convocar novas eleições para a presidência da ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>