Home / Destaque / A novela Mariano ganha mais um capítulo. Agora é da a ADBRÁS, do bispo Samuel Ferreira

A novela Mariano ganha mais um capítulo. Agora é da a ADBRÁS, do bispo Samuel Ferreira


A novela o “Escândalo Mariano” parece está bem longe de acabar. E por falar em acabar, ela acaba de ganhar mais um novo capítulo. Pra você que perdeu os capítulos anteriores e quer ficar atualizado sobre o que rolou, o Veja Aqui Agora, nesse vídeo vai recapitular o que aconteceu e vai informar a você o que está acontecendo no mais novo capítulo dessa triste e escandalosa novela.

O primeiro capitulo se deu após ter fotos vazadas na internet onde ele aparece em poses sensuais e se masturbando, o que causou um grande alvoroço, pra não dizer um grande escândalo no meio gospel e um desgaste terrível na carreira do cantor e presbítero Samuel Mariano, que até então, ligado a Assembléia Deus do estado de Alagoas, onde foi consagrado ao presbitério em 2014 pelo saudoso pastor  José Antonio dos Santos, mais conhecido como Zé Neco.

No segundo capítulo, o protagonista da novela, vai à delegacia acompanhado de um estudante de direito o qual é apresentado por ele, como o seu advogado, para prestar queixa e fazer um boletim de ocorrência. Ao sair da delegacia, posa para uma foto e logo em seguida a mesma é postada na sua rede social, e na legenda, Mariano garante que as fotos são montadas a atribui a montagem das mesmas ao ativismo gay, em retaliação por ele ter pregado contra o Pablo Vittar, em uma das suas pregações e por esse motivo, segundo ele, está sofrendo esse ataque, como ele mesmo o classificou.

No terceiro capitulo, Samuel Mariano entra na justiça pedindo ao Google para retirar da internet as referidas fotos, e imediatamente por ordem judicial, as fotos foram retiradas da rede. Depois, Mariano mira nos canais do Youtube com intimidação aos youtubers, pedindo a retirada de todos os vídeos que tenham relação com o caso e também faz ameaças prometendo ajuizar a quem não tirasse o material, e se caso os conteúdos permanecem nos canais, estariam sujeitos a pagar R$ 2 milhões de reais. Essa ameaça foi feita direta e exclusivamente ao canal O Buxixo Gospel através de um áudio gravado via Whatsapp, por uma pessoa que se apresentou como sendo um dos advogados de Samuel Mariano.

No quarto capitulo a novela ganha corpo, ganha repercussão, bastante audiência, começa a se propagar e indo muito mais longe ao ponto muitas pessoas começarem a participar da triste novela, direta ou indiretamente, comentando, opinando, dizendo o que acha e o que não acha sobre o episódio. A maioria contra o cantor e a minoria a favor, uns achando que ele é inocente e outros achando que ele está mentindo e tentando encobertar o seu pecado. Dos grandes nomes do meio gospel, apenas o pastor Abílio Santana, gravou um vídeo em apoio a Mariano, porém não o defende plenamente e nem Poe totalmente a sua mão no fogo. Da mesma forma o cantor Mattos Nascimento agiu, através de um vídeo gravado e postado no seu canal. Já o cantor Nani Azevedo, indignado por ver a maneira como Mariano tem conduzido a situação, gravou um vídeo dizendo que o cantor a essa altura, deveria está excluso, buscando a Deus, buscando ajuda espiritual de um pastor, para ser tratado e curado, ao invés de está cantando e pregando como se nada tivesse acontecido. Nani classificou o comportamento de Samuel como um deboche ao povo evangélico e principalmente aos que estão orando por ele e disse que não vai mais orar por ele nesse caso.

Uma missionária identificada como Nília Ramos, que derrepente surgiu na internet, gravou um vídeo afirmando que as fotos não são montadas e segundo ela, as fotos em questão trata-se de prints feitas de uma live na qual Samuel Mariano estava com outra pessoa.

E ai, está pensando que a novela acabou? Ainda não, ainda tem o quinto capitulo. Depois da grande repercussão, depois da grande audiência, a novela ganha o capitulo em que o seu protagonista tenta provar a sua inocência, após a pressão de internautas e também da igreja da qual ele fazia parte que é a AD Alagoas, de onde saiu para ingressar a ADBRÁS (Assembleia de Deus no Brás), São Paulo, do bispo Samuel Ferreira.  Ele contrata um perito particular para analisar as fotos. O perito contratado é Ricardo Caíres dos Santos, o mesmo que analisou o áudio da conversa entre o presidente Michel Temer e o dono da JBS, Joesley Batista, em maio do ano passado. Logo em seguida, Mariano aparece através de um vídeo no seu Instagram, apresenta os seus advogados e o perito, o qual afirma que as fotos são montadas, mesmo sem apresentar nenhum laudo até agora. No caso Temer, Caires, teria utilizado ferramentas insuficientes para apontar se houve ou não edição no áudio da conversa entre o peemedebista e o dono da JBS. Uma análise encomendada pela Folha de S.Paulo ao perito judicial Ricardo Caires dos Santos apontou que a gravação teria sofrido mais de 50 edições. Procurado pela reportagem de O Globo, no entanto, Santos afirmou que o laudo indicou apenas 14 pontos de edição e pelo menos 15 pontos de corte.

O perito também reconheceu que usou o programa Audacity, ferramenta gratuita, amadora, para edição caseira de áudios, e o Vegas Pro 10, software de edição de vídeos, para analisar a gravação de Temer e Joesley. Especialistas consultados pelo O Globo afirmaram que os programas não são adequados para o trabalho e são insuficientes para dizer se ouve ou não edição da gravação.

O sexto capitulo mostra a perda da metade dos músicos da banda de Samuel. Não se sabe se por conta do grande escândalo causado pelas fotos vazadas ou não, mas o que é fato, é que Mariano acaba de perder metade dos músicos da sua banda, os quais já lhe acompanhava por mais de cinco anos.

Em dezembro do ano passado, antes do escândalo, parecendo prever o que estava por vir, o back in vocal Daniel Sena pediu para sair da banda e a sua saída foi anunciada por ele mesmo.

Depois do escândalo, foi à vez de mais outros três músicos pedirem para se desvincular da banda. Trata-se do baixista, Linaldo, que começou a tocar com Mariano em meados de 2015. O músico que acompanhou Samuel Mariano por três anos anunciou a sua saída através de uma live no seu Instagran.

Saiu também, o tecladista, Herasmo Enrique, que ingressou na banda em meados de 2013, e também era o mastro e arranjador de Mariano. O desfalque contou também com a saída do saxofonista, Oziel Melo, que na manhã do dia dezenove desse mês, anunciou a sua saída através das suas redes sociais. Em nota, o músico disse que o seu tempo na banda acabou e que pretende seguir carreira solo e garantiu que a saída dele foi consensual e aproveitou para agradecer pelos quase seis anos acompanhando o cantor.

Samuel Mariano já tem uma nova formação da banda e dos antigos músicos, seguem com ele, apenas o baterista, Neto Matias e o guitarrista Eliel Santos.

O mais recente capítulo da novela “Escândalo Mariano”, a qual está bem longe de acabar, mostra a fuga de Samuel para ADBrás, igreja presidida pelo bispo Samuel Ferreira. Já envolvido em uma nuvem de polêmicas que acabaram atingindo o seu ministério e colocando em cheque a sua credibilidade no meio evangélico, Samuel Mariano, anunciou oficialmente nesta terça-feira (27), o seu desligamento da Assembléia de Deus no estado de Alagoas, e formalizou a sua admissão a Assembléia de Deus, ministério Madureira no Brás. O culto que era transmitido ao vivo pela TV ADBrás, estranhamente, logo foi encerrada a transmissão na hora da apresentação de Mariano, por ordem do bispo Samuel Ferreira, o qual determinou a todos os presentes a guardarem os seus celulares para não filmar e nem tirar fotos do cantor, segundo informações. Ainda segundo informações de fontes seguras, o bispo determinou aos seguranças a retirar para fora do templo às pessoas quem fizesse filmagens e fotos do artista durante o culto. Com essa decisão tomada por Samuel, a situação para o cantor e presbítero, pode estreitar mais ainda em relação a Assembléia de Deus em Alagoas. Isto porque a diretoria da igreja montou uma comissão para investigar o caso das fotos e a sua saída da AD Alagoas, já que existe um processo de investigação em andamento, tal procedimento, pode dar uma conotação de que realmente ele tem culpa no “cartório”, ou até mesmo ser interpretada por muitos, como “rebeldia”. Vale lembrar que o assunto envolvendo as fotos, não foi citado no culto.

E ai, você esta pensando que a novela acaba com esse capitulo? Não, pode ter certeza que não. Ainda tem muitos capítulos pela frente. Inscreva-se no nosso canal, acione o sininho para acompanhar os demais capítulos da novela.

Veja Aqui Agora

Deixe o seu Comentário

Comentários

Além disso, verifique

gilmar-mendes01

‘Decisão do STF pode soltar Lula’, diz Gilmar Mendes

O ministro Gilmar Mendes foi o segundo convidado a participar do Amarelas ao Vivo, fórum que reproduz em ...